agende sua visita

Cuidados no salão de beleza

Cuidados no salão de beleza

Os utensílios pérfuro-cortantes utilizados pela manicure/pedicure, como tesouras, alicates e espátulas, são fontes de contágio de vírus, como HIV, HTLV, hepatite B e C, de fungos e de bactérias. A transmissão ocorre pelo uso de material não esterilizado e contaminado, sem haver necessidade de sangramento visível a olho nu. Segundo um estudo promovido pela Secretaria de Estado de Saúde-SP, uma em cada dez manicures/pedicures de São Paulo está contaminada pelo vírus da hepatite B ou C. Apenas 26% delas fazem esterilização com autoclave, considerado o método mais seguro. O uso de forninho é totalmente incorreto. É provável que ao utilizarem o mesmo instrumento para retirar a própria cutícula sem cuidados de biossegurança, as profissionais se contaminem com a hepatite e transmitem o vírus às suas clientes.


O vírus da hepatite B, por exemplo, sobrevive até 7 dias em temperatura ambiente.
Antes de ir à manicure, preste atenção aos seguintes cuidados:
-  verifique se alicates, tesouras e espátulas são esterilizados corretamente
-   se lixas e palitos são descartáveis
-   se toalhas são de uso individual
-   se a profissional lavou as mãos entre uma cliente e outra


Qualquer pequena dúvida, o melhor mesmo é levar os seus próprios instrumentos perfuro-cortantes toda vez que for a manicure/pedicure.